Pesquisa personalizada

Exercícios sobre Realismo

Relacionados:
Concurso Anatel - Nível Médio R$4800

Exercícios sobre Realismo para o Enem e Vestibular das Universidades Federais Brasileiras. Atividades e Questões sobre o Realismo para o Ensino Superior, Médio e Fundamental.

Exercícios sobre Realismo 1
(UFPR) Sobre a obra Dom Casmurro, de Machado de Assis, considere as seguintes afirmativas:
1. Logo no início do romance, Bentinho afirma: “Meu fim evidente era atar as duas pontas da vida”. Demonstra assim que, chegando ao final da vida, finalmente compreendeu tudo e pode então relatar com segurança que os acontecimentos que a definiram sucederam-se daquela maneira e pelas razões apontadas.

2. Ao dar a conhecer sua vida desde a infância, o narrador Bentinho procura mostrar como na personalidade de Capitu menina já estavam as qualidades de dissimulação que ele viria a criticar mais tarde.

3. Capitu é uma das personagens mais famosas da literatura brasileira. No entanto, pode-se argumentar que esse “sucesso” se dá, ele próprio, de forma “oblíqua e dissimulada”, já que ela nos é apresentada apenas através das palavras de um narrador que lhe é, a princípio, hostil.

4. Tratando basicamente da vida de Bento Santiago, Dom Casmurro pode ser visto como uma exceção na obra de Machado, que vinha de largos painéis da sociedade carioca em seus primeiros romances (Ressurreição, por exemplo) e seguiria dali em diante para sagas familiares mais amplas (das famílias Cubas e Aires), dentro dos quadros do Realismo que vigorava na literatura de então.

Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
b) Somente a afirmativa 4 é verdadeira.
c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.

2- Considere as seguintes afirmações sobre Machado de Assis:
I. A crítica aponta-o como um escritor naturalista.
II. No início de sua carreira literária, sofreu influência do Romantismo.
III. Sua produção de romances revela uma grande preocupação com os problemas regionais brasileiros. Está correto o que se diz:

a) em I, II e III.
b) apenas em II.
c) apenas em I e II.
d) apenas em II e III
e) apenas em I e III.

3- Motivados pelas teorias científicas e filosóficas da época, os escritores realistas desejavam retratar o homem e a sociedade em sua totalidade. Não bastava mostrar a face sonhadora e idealizada da vida como fizeram os românticos. Era preciso mostrar o cotidiano massacrante, o amor adúltero, a falsidade e o egoísmo humano, a impotência do homem comum diante dos poderosos. (CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Analia Cochar. Literatura brasileira. São Paulo: Atual, 2000. p. 244 – Texto adaptado.).

A respeito da literatura realista, assinale a alternativa correta.
a) Apresenta descrições e adjetivações subjetivas, no intuito de representar a realidade como ela é.
b) A mulher é idealizada, sendo representada como um anjo de pureza e perfeição.
c) Utiliza uma linguagem culta e direta, semelhante ao estilo metafórico do Romantismo.
d) O herói é problemático, revelando-se portador de fraquezas e incertezas.
e) O casamento é apresentado como uma instituição falida, em que prevalecem os sentimentos.

4- Sobre o Realismo é INCORRETO afirmar que:
a) propõe uma análise objetiva da realidade, tentando retratá-la como uma fotografia.
b) se opõe ao Romantismo, pois o idealismo deste não permite olhar a vida com olhos de um observador impiedoso.
c) Flaubert, na França, e Machado de Assis, no Brasil, são dois grandes nomes do Realismo.
d) O Ateneu, uma das importantes obras do Realismo brasileiro, possui um tom introspectivo, pois nela Raul Pompéia desenvolve uma análise psicológica dos personagens.
e) Dom Casmurro, de Machado de Assis, marca o início do Realismo no Brasil.

Exercícios sobre Realismo para o ENEM e Vestibular das Universidades Federais

Exercícios sobre Realismo 5
Duas figuras femininas se realçam nos romances Senhora, de José de Alencar, e Dom Casmurro, de Machado de Assis. Os comentários a seguir se valem das duas personagens para estabelecer uma comparação entre os romances em que se inserem.
I. Aurélia e Capitu são duas personagens fortes e marcantes, cada uma a seu modo. A primeira apresenta uma caracterização ainda romantizada, enquanto a segunda, dada a sua maior complexidade psicológica, se alinha pela estética do Realismo.
II. Na narrativa de cada romance, percebe-se claramente que Aurélia é vítima de um homem que está interessado em seu dinheiro e que Capitu se casa com Bentinho por causa da fortuna do esposo.
III. No final de cada romance, as duas mulheres, imbuídas de um sentimento de orgulho e de amor próprio, libertam-se de seus respectivos esposos para reconstruírem sua vida.
IV. Aurélia e Capitu são vítimas de uma sociedade patriarcal, pois suportaram caladas o ciúme de seus maridos, na tentativa de salvarem um casamento em ruína.
V. Em última análise, Senhora ainda aposta no amor como base para manter a instituição familiar, ao passo que Dom Casmurro revela as fragilidades e a decadência dessa mesma instituição. A afirmativa é VERDADEIRA apenas nos itens:
a) II e V.
b) I e V.
c) III e IV.
d) III e V.
e) I, II e IV.

6- (UNIFESP SP) Jerônimo bebeu um bom trago de parati, mudou de roupa e deitou-se na cama de Rita.
— Vem pra cá... disse, um pouco rouco.
— Espera! espera! O café está quase pronto!
E ela só foi ter com ele, levando-lhe a chávena fumegante da perfumosa bebida que tinha sido a mensageira dos seus amores (...)
Depois, atirou fora a saia e, só de camisa, lançou-se contra o seu amado, num frenesi de desejo doído. Jerônimo, ao senti-la inteira nos seus braços; ao sentir na sua pele a carne quente daquela brasileira; ao sentir inundar-se o rosto e as espáduas, num eflúvio de baunilha e cumaru, a onda negra e fria da cabeleira da mulata; ao sentir esmagarem-se no seu largo e peludo colo de cavouqueiro os dois globos túmidos e macios, e nas suas coxas as coxas dela;

sua alma derreteu-se, fervendo e borbulhando como um metal ao fogo, e saiu-lhe pela boca, pelos olhos, por todos os poros do corpo, escandescente, em brasa, queimando-lhe as próprias carnes e arrancando-lhe gemidos surdos, soluços irreprimíveis, que lhe sacudiam os membros, fibra por fibra, numa agonia extrema, sobrenatural, uma agonia de anjos violentados por diabos, entre a vermelhidão cruenta das labaredas do inferno. A atração inicial entre Rita e Jerônimo não acontece na cena descrita.

Segundo o texto, pode-se inferir que ela se relaciona com:
a) uma dose de parati.
b) a cama de Rita.
c) uma xícara de café.
d) o perfume de Rita.
e) o olhar de Rita.

Bate Papo

Envie Oi Torpedos