Pesquisa personalizada

Exercícios sobre Emprego das Preposições, Uso do Também e Interpretação.

Relacionados:
Concurso Anatel - Nível Médio R$4800

Desenvolva seu raciocínio em interpretação de texto e ponha em prática o seu conhecimento de língua portuguesa com a resolução de exercícios de preposições e o uso do também com gabarito.


rio paranaiba
Foto do Rio Paranaíba

ESTRANHA AVENTURA DE UM MENINO
Zero Hora, 10/1/97


Com apenas três anos, o menino Frederico de
Medeiros Serra viveu esta semana uma história mais
perigosa que a de qualquer conto de fadas. Transpôs a
cerca da fazenda de seu avô, na zona do alto Paranaíba,
oeste de Minas Gerais, e embrenhou-se sozinho pelas
matas e montanhas no final da tarde de terça-feira,
passando toda a madrugada de quarta-feira perambulando
e dormindo entre cobras, ariranhas e outros bichos, até
ser encontrado às 11 horas da manhã por um cabo do
corpo de bombeiros. Ontem, finalmente, ele chegou a
Belo Horizonte, onde mora num confortável apartamento
na região central da cidade. Levado a vários médicos,
não foi constatado nenhum arranhão, nenhuma picada
de inseto sequer, enquanto os pais não descansam os
joelhos do chão e as mãos levantadas para o céu,
“rezando em agradecimento a Deus pelo milagre”.
Frederico também não apresentou nenhum sinal
de trauma psicológico pelos apuros que passou. Seu
pai, Alfredo Santoro, comerciante, conta que ele foi
encontrado tranqüilo e absorto, após a noite passada
“sabe-se lá como”, a seis quilômetros da sede da fazenda,
depois de andar tantos outros quilômetros em círculo.


Emprego da Preposição
1. As preposições são vocábulos que indicam
circunstâncias diversas; o item abaixo em que a
preposição destacada indica uma circunstância de forma
correta, em relação ao texto em que está inserida é:
a) “Com apenas três anos,...”- companhia;
b) “Transpôs a cerca da fazenda de seu avô...”- posse;
c) “...perambulando e dormindo entre cobras...”- modo;
d) “...até ser encontrado...”- lugar;
e) “...ele chegou a Belo Horizonte...”- tempo.


Exercício de Concordância
2.“não foi constatado nenhum arranhão, nenhuma
picada de inseto sequer”; se o verbo fosse colocado após
o sujeito, sua forma adequada seria:
a) foi constatado;
b) foi constatada;
c) foram constatadas;
d) foram constatados;
e) foi constatados.

Emprego do Também
3.“Frederico também não apresentou nenhum sinal de
trauma psicológico...”; o emprego de também significa
que o menino:
a) apresentou sinais de outros traumas antes;
b) já sofrera traumas psicológicos anteriormente;
c) nunca sofreu nada semelhante;
d) outras pessoas acompanhavam o menino e também
nada sofreram;
e) não apresentou traumas de outros tipos.

4 - “...na zona do alto Paranaíba...”; nesse caso,
“Paranaíba” deve referir-se a um:
a) rio;
b) Estado;
c) monte;
d) sertão;
e) planalto.


Gabarito: 1.B 2.D 3.A 4.A
Atividades resolvidas com gabarito sobre preposição 1
Alguns exercícios de preposição para concursos públicos

Bate Papo

Envie Oi Torpedos